(REPOST FENAJUD) Fenajud organiza apoio para Manaus (AM); entidades filiadas podem participar

Print Friendly, PDF & Email

A coordenação colegiada da entidade e sindicatos filiados se reuniram na manhã desta sexta (15) para debater apoio para população da capital amazonense. Profissionais apontam que a cidade se encontra em situação de calamidade, sem cilindros de oxigênio, com diversas pessoas morrendo por falta de oxigênio.

Informações divulgadas nas redes sociais e imprensa apontam que a situação na capital amazonense chegou ao extremo nesta quinta-feira (14/1). Houveram diversos registros de falta de cilindros de oxigênio, que levaram a morte diversos pacientes hospitalizados internados. Em vídeos divulgados por profissionais de saúde e entidades representativas da área da saúde, a situação nos hospitais de Manaus é degradante. Profissionais pedem ação imediata das autoridades para restabelecer, de forma emergencial, o abastecimento do insumo na região. Diante dessa situação, coordenadores da Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) e entidades filiadas se reuniram na manhã desta sexta (15) para debater a melhor forma de apoio para a população local.

A entidade discutiu em reunião como se dará essa ajuda, a logística e o melhor meio. Além disso, entrou em contato com diversas empresas e instituições para verificar a compra e transporte desse material de forma mais ágil, segura e direta.

A equipe de comunicação da Fenajud também entrou em contato com o Projeto Social – Bora Ajudar, uma entidade sem fins lucrativos que tem atuado na cidade, para entender como está a situação na cidade e quais insumos são mais urgentes. O presidente da instituição, Gustavo Melo, muito emocionado explicou por telefone que a situação é desastrosa. Disse que “existe a necessidade de cilindro de oxigênio, mas a logística não é tão simples. É necessário que esse material esteja próximo a cidade de Manaus, caso contrário não surtirá efeito. Há necessidade ainda de compra de materiais e equipamentos de proteção individual, como luvas, máscaras, alimentação e também para transporte”.

“Vários hospitais já estão com falta de oxigênio e pacientes que necessitam do oxigênio estão sendo ‘ambuzados’ (prática médica que usa um animador manual para simular uma respiração mecânica), mantidos vivos pelo esforço dos profissionais médicos, técnicos e enfermeiros”, disse e presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas, Mário Viana.

A Fenajud aponta que segue em busca da formalização do apoio por meio de entidades seguras, para colaborar com a população amazonense. Devido à gravidade da situação no município, conclama os sindicatos filiados a participarem desta ação. Assim que a viabilização de apoio for concluída as entidades filiadas serão informadas.

A entidade ressalta ainda que se solidariza com todos os profissionais e as profissionais de saúde que seguem na linha de frente do enfrentamento à covid-19. E aponta sua indignação e denuncia a negligência e omissão de instituições e de governantes neste momento em que o país atravessa.

Em breve voltaremos com novas informações.

#SOSManaus #OxigênioParaManaus #BrasilSufocado

Fenajud

Para acessar a matéria original, clique aqui

POR TODOS OS NOSSOS DIREITOS
A Diretoria


Quer saber tudo sobre as notícias do Sindijudiciário/ES e ficar por dentro das nossas ações mais recentes? Então acompanhe agora mesmo o Sindijudiciário/ES no Instagram, Facebook e no Youtube.