Print Friendly, PDF & Email

Os aposentados e pensionistas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem como do Ministério Público, da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo devem realizar seu recadastramento junto ao IPAJM, conforme tabela abaixo, com o objetivo de garantir a manutenção do pagamento do benefício. O procedimento é obrigatório, e quem não efetuá-lo terá o pagamento suspenso.

O recadastramento é divido em duas etapas, prova presencial e atualização de dados, e deve ser feito da seguinte maneira:

Prova de vida presencial
O beneficiário deve comparecer a uma das agências do Banestes, que estão distribuídas por todos os municípios do Estado, munido de documento de identificação com foto – como carteira de identidade (RG) ou de habilitação (CNH) – e número funcional, e se dirigir a um dos guichês de atendimento. Após o término do procedimento, a pessoa receberá um comprovante, entregue pelo atendente do Banco, que comprovará a participação nessa etapa.

Atualização de dados cadastrais
Para fazer a atualização de dados cadastrais, basta acessar o site do IPAJM www.ipajm.es.gov.br, e entrar no banner Recadastramento 2019. É válido informar que ao final desse processo será emitido recibo para atestar a conclusão da referida atualização.

Casos especiais
Os aposentados e pensionistas que residem em outro estado ou país, ou que não podem se locomover a uma agência do Banestes para fazer a prova de vida, ou são incapazes, entre outros casos específicos, devem acessar o site www.ipajm.es.gov.br, e clicar no banner Recadastramento 2019 para saber como devem se recadastrar.

Outra opção é entrar em contato com o teleatendimento do IPAJM nos números (27) 3201-3180 e 0800-2836640, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

FONTE: ipajm.es.gov.br