Moção de apoio aos servidores do Poder Judiciário de Minas Gerais

Print Friendly, PDF & Email

MOÇÃO DE APOIO AOS SERVIDORES DO 2.º GRAU DO PODER JUDICIÁRIO DE MINAS GERAIS E À DIRETORIA DO SINJUS – Sindicato dos Servidores da Justiça de 2.ª Instância do Estado de Minas Gerais

O SINDIJUDICIÁRIO/ES – SINDICATO DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO manifesta seu irrestrito apoio as trabalhadoras e trabalhadores do 2.º Grau do Poder Judiciário de Minas Gerais que se encontram de greve pelo não cumprimento das leis n.º 23.173/2018 (Auxílios-Saúde e Transporte) e n.º 18.909/2010 (referente à Data-Base 2018), por parte do TJMG.

A deflagração do movimento paredista nesse momento em que os direitos dos trabalhadores vêm sofrendo inúmeras investidas, inclusive o próprio direito de greve só demonstram a coragem e a clara disposição pela luta na defesa de todos os direitos e do direito de todos.

Os trabalhadores e trabalhadoras do Judiciário Capixaba, por meio do SINDIJUDICIÁRIO/ES manifestam também o seu repúdio à INDECOROSA diferença de tratamento que a Administração do Tribunal de Justiça de Minas Gerais dá nas negociações com os trabalhadores e nas negociações com os magistrados e desembargadores.

Situações como estas dificultam as negociações com a Administração do Tribunal, abalam a credibilidade do Órgão e revoltam tanto os trabalhadores da Justiça como a sociedade em geral.

Lamentavelmente o caso acima não é isolado. Historicamente as Administrações dos Tribunais sempre privilegiaram orçamentariamente as negociações com a magistratura em prejuízo dos seus trabalhadores que amargam inúmeras perdas funcionais e trabalham muitas vezes em condições indignas.

Chegou a hora de rompermos com esse modelo.

Negociações igualitárias já!!!

 

Vitória, ES, 20 de março de 2019.

SINDIJUDICIÁRIO/ES – SINDICATO DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

ADDA MARIA MONTEIRO LOBATO MACHADO

Presidente